Limpeza vaginal antes da cesariana reduz endometrite pos parto

O mais importante fator de risco para endometrite materna no pós parto é a cesariana. As mulheres submetidas a cesariana tem de 5 a 20% mais chance de ter infecção no pós parto comparada as com parto vaginal.
As infecções pós parto são uma causa importante de morbi-mortalidade materna. As infecções pós cesariana mais frequentes são endometrite (6 a 27%), febre no pós operatório (5 a 24%) e infecção de ferida operatória (2 a 29%).
A endometrite pós parto é 10 vezes mais comum nas pacientes submetidas à cesariana, sendo que a principal causa é uma infecção ascendente da vagina, causada principalmente por bactérias anaeróbicas.
Uma revisão sistemática com meta-análise publicada online na Obstetrics & Gynecology demonstrou que a limpeza vaginal com antisséptico antes da cesariana reduziu a incidência de infecções no pós parto.
Mais da autora: ‘Cesariana – trocar as luvas antes do fechamento abdominal reduz em quase 50% a taxa de infecção da ferida operatória’
Foi um estudo com 16 ensaios clínicos randomizados, no qual eles compararam a limpeza vaginal com qualquer tipo de antisséptico com placebo e com ausência de intervenção, com um n de 4.837 mulheres. Dos 16 ensaios, 11 usaram solução de iodopovidona, 3 usaram clorexidina, 1 metronidazol em gel e 1 cetrimida.
As pacientes com limpeza vaginal tiveram menor incidência de endometrite no pós parto, de 4,5% em comparação com o grupo controle 8,8%. Além disso, a incidência de febre no pós operatório foi de 9,4% e 14,9% no grupo controle. A análise de subgrupos observou que a redução de endometrite pós parto com limpeza vaginal ocorreu nas pacientes que estavam em trabalho de parto antes da cesariana ( 8,1% comparado com 13,8% do controle) e nas pacientes com ruptura prematura de membranas ovulares ( 4,3% comparado com 20, 1% do controle).
Como a limpeza vaginal antes da cesariana é um procedimento barato e simples, os autores recomendam que seja realizada a limpeza com iodopovidona por 30 segundos nas pacientes em trabalho de parto e com bolsa rota, imediatamente antes da cesariana.
Outros estudos precisam ser feitos para avaliar a necessidade de limpeza vaginal em outras situações.

Dra Camila Ramos, ginecologista e obstetra da CLIMEB – Clínica Médica da Barra, 

CRM: 5295691-0

Camila Ramos

Camila Ramos

Médica graduada na Universidade do Estado do Rio de Janeiro ⦁ Residência médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro ⦁ Pós-graduação em Reprodução Humana Assistida pela Unigranrio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *